quarta-feira, fevereiro 16, 2011

Saudosismo

Nando Flores, Gustavo Schlickmann, Rafael Senna (Galinho) e Diego Rosa
Há quem diga que a década de 80 e o início dos anos 90 foram a época dourada da Ilha, onde todos ainda se conheciam e eram chamados pelo apelido no meio da rua. Uma época em que a antiga Desterro já desfrutava de alguma modernidade sem se preocupar com os problemas dos grandes centros como engarrafamentos, violência, degradação ambiental e etc...Para lembrar aquele "tempo que não volta mais" trago uma foto que representa um pouco esse período. Barca feita em 1998 rumo a lendária onda de Ponta das Canas - meus pais tinham casa em frente ao pico e passei muitos verões pela área - na qual fizeram parte Nando (filho do Kiki, exímio mergulhador) que, costumeiramente pegava as roupas de mergulho do pai visando se proteger do frio e que resultava em trajes bizarros e muitas risadas. O miudinho no centro da imagem com patrocínio da Bad Boy é o Gustavo Schlickmann, que naquela época já incomodava em competições pelo estado. Hoje em dia o garoto têm competido pouco e está mais centrado na produção de imagens e fotos para revistas, perfeito para alguém com as características (pessoais e aquáticas) dele. Ao lado a direita está Rafael Senna. Filho de galo, galinho é e com o Rafa não seria diferente. Herança deixada pelo saudoso Murilo Galo, que muito "incomodou" na Joaquina nos anos 70 e 80. Alguns anos depois o Galinho ganharia uma etapa do brasileiro amador onde o Galo entra na água de calça jeans em sai carregando o filho, orgulhoso. Vi essa cena de camarote, no auge dos meus 14 anos. Por último, agachado exibindo o patrocínio (o primeiro de muitos que viriam) é Diego Rosa, que naquele tempo era apoiado pelos irmãos Humberto e Adriano, donos da Hot Cordy - a marca ta ativa até hoje lá no bairro Estreito. Diego, estudante do Instituto Estadual de Educação (IEE) dizia aos professores que não precisava estudar o conteúdo porque seria surfista profissional. Dito e feito, mas antes se formou para não ser passado para trás na hora de fechar os patrocínios. O dono da Belina ao fundo é o shaper João Schlickmann, que foi babá de toda essa raça e já despontava como um dos principais shapers da cidade. Tempo bom que não volta mais...